Distribuição

Reciclagem do Continente resulta em valorização de 80% dos resíduos

Continente Bom Dia - Distribuição Hoje

No dia em que se assinala o Dia Internacional da Reciclagem (17 de maio), o Continente revela que em 2016 conseguiu obter uma valorização de 80% dos resíduos que processou. De acordo com a insígnia, “a gestão de resíduos nas lojas Continente abrange, não só, os resíduos produzidos no âmbito da sua atividade, como também os resíduos depositados pelos clientes nas lojas, que, no ano transato, registaram um aumento de 10,2%.”

Para estes resultados contribuíram a recolha e instalação de equipamentos de valorização de resíduos nas lojas Continente – destinados a óleos alimentares usados, pilhas usadas, rolhas de cortiça, lâmpadas, equipamento elétricos e roupa. Para além disso, a no âmbito da Missão Continente, a insígnia criou também áreas específicas dedicadas à gestão de resíduos, tanto nas lojas, como nos entrepostos do Continente, que facilitam a separação, armazenamento temporário e distribuição dos resíduos pelos operadores de valorização.

“O esforço de valorização de resíduos permitiu a reciclagem de 29 mil toneladas de cartão, que equivalem à preservação de 500 mil árvores, à valorização de 3 mil toneladas de plástico, que, transformadas em poliéster, dariam para produzir 6 milhões de calças, e, também, ao encaminhamento de 6 mil toneladas de resíduos para valorização orgânica”, acrescenta o Continente.

De acordo com Vítor Martins, Diretor de Ambiente da Sonae MC, “os dados que hoje revelamos demonstram que o Continente, no âmbito do seu esforço de otimização de recursos e de promoção da sustentabilidade ambiental da Missão Continente, tem registado ganhos de eficiência significativos e, também, conseguido sensibilizar os consumidores para a importância de valorizar os resíduos urbanos, promovendo a cidadania ambiental. Estamos certos de que este é o caminho certo para nos aproximarmos da valorização absoluta dos resíduos produzidos.”