Produção

Porbatata e APED promovem consumo de batata nacional

Porbatata e APED promovem consumo de batata nacional

A Associação da Batata de Portugal (Porbatata) e a Associação Portuguesa de Empresas de Distribuição (APED) apresentaram ontem, em Lisboa, a Campanha de Promoção da Batata Portuguesa. A Campanha está já em mais de 700 lojas das várias cadeias de hiper e supermercados e o objetivo é sensibilizar os consumidores nacionais para o consumo de batata produzida em Portugal.

Com o mote “Batata Portuguesa – Nasce à sua Porta”, a Campanha incentiva o consumo de batata nacional e procura sensibilizar os portugueses para as vantagens nutricionais deste produto. A Associação Portuguesa de Nutrição é parceira da iniciativa, que também tem o apoio do Ministério da Agricultura, Florestas e Desenvolvimento Rural.

“O grande objetivo é promover o consumo da batata portuguesa, sobretudo, a batata fresca, produzida muito próximo dos locais de consumo. Além do impacto mais positivo para o ambiente em comparação com batata de outras origens, tem muito boas características nutritivas e organoléticas, que é importante destacar e desmistificar”, disse o presidente da Porbatata.

António Gomes adiantou à DISTRIBUIÇÃO HOJE que “a médio/longo prazo estamos a estudar a criação de uma marca de batata portuguesa, para valorizar ainda mais este produto” e salientou que “esta iniciativa, cujo orçamento ronda os seis mil euros, foi totalmente suportada pelos 46 associados da Porbatata”.

“Gosto muito de batata”

O ministro da Agricultura, Florestas e Desenvolvimento Rural referiu que “há muitas razões para estar aqui hoje a apoiar esta campanha: a primeira é que ‘Gosto muito de batata’, mas há mais”. Luís Capoulas Santos salientou que “a iniciativa vai ao encontro de várias preocupações do Governo: a Organização da produção; a promoção da produção nacional; o comércio de proximidade; e a colaboração entre a produção e a distribuição”.

Sobre o estímulo ao comércio de proximidade, o ministro anunciou que o Executivo está “a alterar as regras da contratação pública para permitir que instituições como escolas, hospitais e prisões, por exemplo, possam contratar fornecimento com pequenos produtores locais”.

Batata tem vitaminas e minerais

A diretora-geral adjunta da APED, Mónica Ventosa, explicou-nos que “a Campanha vai estar nas lojas, e também no online e nos folhetos das insígnias, até final de junho, para promover este produto nacional, que é um produto de proximidade, por isso mais sustentável”, salientando que “é nossa obrigação proporcionar aos nosso consumidores escolhas acertadas e de qualidade, por isso apoiámos deste logo esta iniciativa”.

Na sua intervenção, a presidente da APN, Helena Real, afirmou que a Associação estava muito satisfeita “por poder apoiar uma campanha de promoção da produção primária” e frisou que “apoiámos no texto a transmitir aos consumidores, porque “a batata deve fazer parte da nossa alimentação”, uma vez que “250gr de batata fornecem 35% da Vitamina C necessária por dia a uma pessoa e 46% do potássio”, por exemplo.

Em média, cada português consome 93,5 quilos de batatas por ano e, de acordo com dados do Gabinete de Planeamento, Políticas e Administração Geral (GPP), são produzidas em Portugal cerca de 500 mil toneladas.