Sustentabilidade

Coca-Cola quer limpar as praias da Península Ibérica

Coca-Cola quer limpar as praias da Península Ibérica

A Coca-Cola tem em marcha um programa de limpeza de praias e fundos marinhos na Península Ibérica, uma iniciativa batizada de ‘Mares Circulares’ e que está integrada na estratégia sustentabilidade da companhia.

Em novembro de 2017, a Coca-Cola comprometeu-se a melhorar, até 2025, o meio ambiente numa lógica de economia circular e de sensibilização para a cidadania, chamando a atenção para a importância da reciclagem e correta gestão de resíduos. No âmbito do programa ‘Mares Circulares’, a empresa quer agora unir cerca de 5 mil jovens e 10 mil famílias para, juntos, limparem 80 praias e ambientes aquáticos, num total de 270 quilómetros de costa da Península Ibérica.

A Coca-Cola irá também criar bancos de voluntários e incluir barcos de pescas de 12 portos ibéricos nas operações de limpeza no mar, esperando-se uma recolha de cerca de 250 toneladas de resíduos, entre as quais 25 toneladas de plástico PET que será reintroduzido de forma circular na cadeia de valor ao ser transformado em roupa e esplanadas.

Para Márcio Cruz, Diretor de Relações Externas e Comunicação da Coca-Cola European Partners em Portugal, “ ’Mares Circulares’ é uma oportunidade de responder ao compromisso que temos com uma estratégia de sustentabilidade, o programa Avançamos, que tem como objetivo recolher 100% das embalagens dos nossos produtos para que não terminem como resíduos, especialmente nos oceanos.”