Sogrape vende Quinta da Boavista e adega na Argentina

por Isabel Martins 28 de Junho - 2013

A Sogrape acaba de anunciar a venda da Quinta da Boavista, no Douro e da adega de Pedriel, na Argentina. 

A empresa justifica estas vendas com a necessidade de racionalização de ativos que considera “suplementares”, depois dos grandes investimentos realizados recentemente. Esta decisão “enquadra-se num plano global de desenvolvimento e ‘premiumização’ do negócio do Grupo”, revela a empresa em comunicado, sem adiantar quem são os novos proprietários destes ativos.

A Quinta da Boavista, no Pinhão, é uma propriedade com 40 hectares, que inclui a casa onde viveu o Barão de Forrester.

Já a adega Pedriel, em Mendoza, na Argentina, fazia parte do grupo de três adegas da Finca Flischmam e a alienação é explicada “no âmbito do plano estratégico definido para as distintas produtoras e distribuidoras do grupo entretanto espalhadas por 10 países”.

A empresa revela ainda que esta reorganização vai implicar também “investimentos importantes” que passam pela renovação da adega na Herdade de Peso, no Alentejo, uma nova adega em Los Boldos, no Chile, e o início de uma operação de distribuição própria no Brasil. 

Recorde-se que a Sogrape tem cerca de 1500 hectares de vinha própria espalhados por Portugal, Argentina, Chile, Nova Zelândia e Espanha.

Outras publicações do Grupo