Análise GfK

Sazonalidade e inovação são drivers nos pequenos eletrodomésticos

Sazonalidade e inovação são drivers nos pequenos eletrodomésticos

No mercado dos pequenos eletrodomésticos, onde a inovação é um driver, são várias as “revoluções” que estão a acontecer, sempre com a portabilidade e “usabilidade” do consumidor em mente.

Com praticamente todas as categorias a registarem crescimentos, o mercado do aquecimento é o que se mantém mais “morno”, comparando o primeiro quadrimestre de 2019 com o período homólogo do ano anterior. A aspiração e o engomar parecem ser os maiores impulsionadores de um mercado cada vez mais smart.

Aquecimento
Aquecimento está “morno”. Com um crescimento em unidades de 3%, impulsionado pelos Termo-ventiladores, este mercado apresenta-se bastante estável. Como drivers de mercado e desenvolvimento e apesar de novos segmentos como purificadores com função de aquecimento chegarem ao mercado, este mantém-se estável este ano, apesar da sua sazonalidade e dependência da evolução do clima.

O inverno não se mostrou demasiado exigente e o mercado apresentou uma performance estável, com crescimento dos termoventiladores.

A Internet acaba por ser relegada para 2.º plano neste produto, cujo sucesso depende muito da evolução da temperatura, aliada à capacidade do mercado de satisfazer a procura. As promoções acabam por ser uma parte relevante da gestão da cadeia de valor destes produtos.

Ainda assim regista-se nos segmentos em crescimento o aparecimento de alguns produtos/marcas de segmento mais elevado.

A revolução na aspiração
Uma torrente de lançamentos e novas marcas está a mudar radicalmente o segmento da aspiração em Portugal. Os Aspiradores Verticais estão a conquistar a preferência dos consumidores, com modelos mais potentes e autónomos, mas práticos de usar e sem fios. Robots continuam a ter sucesso com algumas marcas novas, mas principalmente chegando a segmentos de preço mais aliciantes, aliando a tecnologia Smart, a maior potência e autonomia e capacidade.

Uma das características nos aspiradores Robot é a função Smart. A conectividade nos robots contribui para o sucesso do segmento, com novas marcas a chegarem aos canais online que neste segmento atingem valores mais elevados.

Por outro lado, a portabilidade e usabilidade, com os aspiradores verticais (nomeadamente os versáteis) trazem maior comodidade na utilização e ganham potência suficiente para substituir o aspirador tradicional, no uso do dia a dia.

Outra nota para a sustentabilidade: os aspiradores de trenó são o segmento sem saco que está a contribuir para a categoria. Nos verticais e robots também a norma é não disporem de saco.

A revolução no engomar da roupa
Um novo produto no mercado. Será esta a solução para a tarefa de “passar a roupa”? Desde 2018 que temos no nosso mercado as escovas de engomar a vapor e este segmento ainda pequeno (cerca de 5% do total) pode vir a ser o melhor complemento ou mesmo substituto dos ferros ou sistemas de engomar.

O mercado “tradicional” parece estar estagnado, apesar de alguns sistemas de engomar mais baratos se encontrarem disponíveis.

A aposta em sistemas de engomar sem caldeira de vapor, parece não estar a conquistar muitos consumidores, apesar de ser uma novidade no segmento baixo.

As escovas de engomar a vapor surgem em dois segmentos, portátil ou de mão e as com suporte/cabide, que permite eliminar as rugas na vertical e mesmo na horizontal como se de um ferro tradicional se tratasse.

Este artigo foi, originalmente, publicado na edição 476 da revista Distribuição Hoje.