Embalagem

Problemas com abertura de embalagens podem representar prejuízos de 6,5 mil milhões/ano

Os “perigos” de abrir uma embalagem

Quase metade (41%) dos consumidores europeus já se lesionaram a abrir uma encomenda. Um recente estudo divulgado pela DS Smith, revela que 78% das pessoas já se sentiram frustradas com embalagens que não conseguiram abrir, podendo essa insatisfação representar um prejuízo de 6,5 mil milhões de euros por ano para as empresas, sendo que um quarto das pessoas já admitiu ter deixado de comprar determinada marca pela dificuldade em abrir a embalagem.

Numa altura em que o mercado vive uma grande atividade do e-commerce, devido à época de saldos, os dados do estudo comissionado pela DS Smith conclui ainda que, de todas as pessoas inquiridas, a geração Z (18 a 24 anos) é a que apresenta maior propensão para se sentir frustrada a abrir embalagens, optando mais rapidamente por deixar de comprar certas marcas.

José Oliveira, diretor comercial da DS Smith Packaging Portugal, sublinha que “numa era em que o comércio eletrónico já assume valores significativos, este estudo vem demonstrar que muitas marcas e lojas online não estão a dar a devida atenção à necessidade de tornar as embalagens mais fáceis de abrir”.

O responsável comercial pela empresa em Portugal refere que “em média, os consumidores europeus gastam 39 dias a abrir embalagens, ao longo da sua vida”, admitindo que “a indiferença das empresas para este problema pode estar a fazê-las perder milhões de euros por ano”.

Como fazer face às dificuldades em abrir uma embalagem?

A DS Smith enumera o que deverá ser feito, caso estejamos perante embalagens mais difíceis de abrir:

• No caso de haver muita fita adesiva e não ser possível removê-la, pressionar os pontos de cada lado da fita onde as laterais se unem com a parte superior da caixa. Isto criará um espaço entre a caixa e a fita que permitirá agarrá-la e descolá-la;
• Para embalagens de plástico rígido, um abre-latas com tampa de segurança pode ser muito útil. Colocar na borda e fazê-lo girar em redor da embalagem;
• O aquecimento das tampas dos frascos com água morna pode ser uma solução. Se não funcionar, abrir os frascos com fita adesiva. Alinhar a extremidade inferior da fita com a parte inferior da tampa e enrolar a fita em torno de um terço da tampa. Colar a restante fita sobre a tampa e dobrar ao meio a tira de fita excedente. De seguida, agarrar esta tira de fita e puxar para fazer ceder a tampa;
• Em caso de objetos pequenos, tentar envolvê-los com elásticos. Para itens maiores, usar luvas de limpeza para melhorar a aderência;
• Quando não for possível retirar a fita adesiva ou abrir um envelope bem fechado, soprar com um secador de cabelo: o calor diminuirá a eficácia da cola na embalagem, o que facilitará a remoção;
• Para as anilhas de latas de alimentos ou bebidas, usar uma colher de chá como alavanca para levantar a anilha com cuidado e facilitar a abertura.