Retalho

Grupo DIA termina primeiro semestre com vendas 4 600 M€

Grupo DIA termina primeiro semestre com vendas 4 600 M€

O Grupo DIA registou, no primeiro semestre deste ano, vendas brutas sob insígnia de cerca de 4 600 milhões de euros, um crescimento de 1,4% face ao período homólogo. Em Portugal, as vendas da companhia atingiram um total de 395,2 milhões de euros, uma quebra de 3,3% face ao período homólogo.

No mercado espanhol, o mais importante para a empresa, as vendas brutas sob insígnia atingiram um total de 2689, milhões de euros, uma quebra de 2,9% face ao período homólogo.  Numa base comparável, as vendas do Grupo DIA em Espanha cresceram 0,3%. As vendas online, uma aposta recente da empresa para Espanha, atingiram um total de 39 milhões de euros, um aumento de 48% face a igual período em 2017.

Nos primeiros seis meses do ano, o Grupo DIA remodelou 903 lojas, 860 das quais em Espanha.

“Estamos quase a terminar o nosso ambicioso plano de remodelações de lojas previsto para todo o ano, com mais de 900 estabelecimentos já remodelados no mercado ibérico, com bons resultados. Estamos a começar a ver o impulso destas transformações e uma boa tendência de vendas em julho, esperando manter a trajetória positiva na segunda metade do ano, altura em que, também, iremos abrir novas lojas DIA, La Plaza e Clarel. A Argentina viveu um período de grande depreciação da moeda local no segundo trimestre de 2018. Neste contexto, o nosso negócio fortaleceu-se com ganhos de quota de mercado e crescimento do lucro operativo. No Brasil, as vendas seguiam em bom ritmo desde março, mas as greves no sector dos transportes tiveram impacto direto nas nossas operações”, explica Ricardo Currás, Conselheiro Delegado do Grupo DIA.

No início do ano, durante uma apresentação à imprensa, na qual a DISTRIBUIÇÃO HOJE marcou presença, o Grupo DIA revelou que pretende investir cerca de 25 milhões de euros no mercado português durante este ano, nomeadamente na remodelação de 100 lojas.