Retalho

C&A quer uma cadeia de distribuição mais transparente

C&A divulga informações sobre a sua cadeia de distribuição

A C&A acaba de revelar informações sobre cerca de 2000 das suas fábricas, uma estratégia para aumentar a sua transparência e que, de acordo com a marca, pretende impulsionar maior responsabilização e mudanças de comportamentos. Recentemente, a marca apresentou uma t-shirt 100% biológica que pode ser transformada em compostagem.

“A transparência leva a mais responsabilização e mudança de comportamentos: a nossa prioridade é garantir que as condições de trabalho na cadeia de distribuição são respeitadas segundo os nossos padrões, ao mesmo tempo que o desempenho ambiental e social é melhorado constantemente. Ao sermos transparentes sobre onde são produzidos os nossos produtos, os clientes e stakeholders podem ter certeza de que estamos a fazer boas escolhas em relação aos parceiros com que trabalhamos e ao modo como a nossa roupa é produzida”, afirma Jeffrey Hogue, Diretor Global de Sustentabilidade da C&A.

O Pacto da Transparência recentemente apresentado pela C&A revela informações como nomes e localizações das fábricas dos seus fornecedores, número de funcionários e categoria de produtos de 100% das unidades de produção de nível 1 e 2.

A cadeia de distribuição da C&A abrange mais de 1 milhão de pessoas que trabalham em 788 fornecedores globais, que gerem mais de 2000 unidades de produção de nível 1 e 2, em quatro regiões diferentes.

O Pacto da Transparência é uma iniciativa de uma coligação de grupos laborais e de direitos humanos com o objetivo de ajudar a indústria do vestuário a atingir um padrão mínimo comum para a divulgação da cadeia de distribuição.